Linha do Tempo - MILPLAN
Voltar

Linha do Tempo

  • Ano da fundação, resultado da compra dos ativos de montagem da Isomonte, a qual acabara de ser adquirida pela Máquinas Condor.
  • Conquista do primeiro Contrato com a BELGO-MINEIRA, atual ARCELOR MITTAL AÇOS LONGOS, em João Monlevade (MG), para a montagem do Novo Hall de Sucatas da Aciaria.
  • Inicia o contrato de manutenção com a FERTECO MINERAÇÃO em Ouro Preto (MG), atual Mina de Fábrica da VALE. A parceria com a FERTECO se estendeu continuamente por 17 anos, com a participação em todas as paradas programadas anuais, além de vários projetos de expansão e melhorias.
  • Firma o primeiro contrato com a PETROBRAS, para a montagem da Unidade de Vácuo da REGAP em Betim (MG).
  • Inicia as obras da Laminação Automática da MANNESMANN, atual VALLOUREC, na Usina Barreiro em Belo Horizonte (MG). Primeiro grande desafio, com a montagem de 8.000 t de equipamentos e tubulações especiais de alta pressão.
  • Conquista a primeira obra na USIMINAS em Ipatinga (MG), de montagem das estruturas e pontes rolantes da Unidade de Desgaseificação a Vácuo da Aciaria.
  • Conquista de importantíssimos novos clientes, a VALE e a SAMARCO. Assinatura de dois contratos com a VALE, para a implantação do Projeto Ouro em Riacho dos Machados e de Planta de Tratamento de Minério em Itabira (MG). Com a SAMARCO, também dois contratos, para a Linha de Mistura e Nono Disco da Usina de Pelotização em Anchieta (ES).
  • Mobiliza importantes canteiros de obras para a CSN, para a expansão da Mina de Casa de Pedra em Congonhas (MG) e a Relocação do Banco de Válvulas da Aciaria em Volta Redonda (RJ).
  • Implanta o Programa de Participação em Resultados, como forma de remuneração variável para os colaboradores corporativos. O PPR tem como “piloto”, a obra M.209 para a BELGO-MINEIRA em João Monlevade (MG).
  • Inicia importantíssima parceria com a AÇOMINAS, atual GERDAU, através do contrato de Apoio a Operação e Manutenção do Lingotamento da Aciaria. Maior trabalho em quantidade de homens x hora até então assumido (1.500.000).
  • Assina com a VALE o primeiro contrato na Região Norte, para a montagem das Unidades de Britagem Semimóveis da Mina de Carajás.
  • Lança o Programa Q2000 – Gestão pela Qualidade Total, em parceria com a Fundação Christiano Ottoni, entidade vinculada a Escola de Engenharia da UFMG.
  • Conclui talvez o maior desafio assumido até então, o de montagem dos Precipitadores Eletrostáticos da Usina de Pelotização da SAMARCO em Anchieta (ES). Obra grande, complexa e envolvendo paradas, que em seu decorrer teve de ter o prazo reduzido por necessidades operacionais e de meio ambiente.
  • Finaliza as obras de Recuperação das Estruturas da Barragem e Casa de Força para repotenciamento de 182 MW da UHE de Ilha dos Pombos da LIGHT em Além Paraíba (MG).
  • Assina contrato na modalidade EPC para a implantação da Planta de Beneficiamento de Rejeitos Grossos da MINERAÇÃO TABÔCA em Presidente Figueiredo (AM). Local com maiores dificuldades de acesso e logística até então enfrentados.
  • Assina contrato com a GERDAU em Ouro Branco (MG), para os Periféricos do Laminador de Perfis e para a Reforma do Alto Forno com aumento de capacidade para 3 Mtpa. Maior pico de efetivo até então assumido em único canteiro (1.500 pessoas).
  • Conquista a primeira obra de porte no setor de Papel e Celulose, Plantas de Evaporação e Caustificação, com a contratante METSO PAPER, atual VALMET, e cliente final a RIPASA, atual SUZANO, em Americana (SP).
  • Conclui a Fábrica de Cimentos de Ijaci para a CAMARGO CORRÊA, atual INTERCEMENT, sendo o maior trabalho em peso até então realizado (16.000 t). Elabora o primeiro Planejamento Estratégico para o triênio 2004/2005/2006.
  • Inicia a montagem do Terminal Norte Capixaba da PETROBRAS em São Mateus (ES), tendo a PROMON como contratante.
  • Consolida posição junto a VALE, trabalhando com sucesso em cinco unidades: Terminal de Ponta da Madeira em São Luis, Mina de Fábrica Nova em Mariana, Complexo de Tubarão em Vitória, Mina de Fábrica em Ouro Preto e Usina de Potássio em Rosário do Catete. Recebe premiação da VALE como “Fornecedor de Destaque do Ano”.
  • Participa de dois importantes projetos com a CSN. Conclui a montagem do Sistema de Embarque de Minério de Ferro do Porto de Sepetiba em Itaguaí (RJ). Inicia o maior pacote do Projeto de Expansão da Mineração Casa de Pedra em Congonhas (MG). Os dois projetos juntos somam 23.000 t de montagem. Conclui a maior obra no setor de Papel e Celulose executada até então, unidades de Caustificação, Forno e Evaporação da Linha 2 da SUZANO em Mucuri (BA), com o contratante VALMET.
  • Certifica na Norma ISO 9001. Passa a integrar o Programa PAEX da Fundação Dom Cabral.
  • Certifica na Norma OHSAS 18001. Recebe “Prêmio SAMARCO de Excelência” pelos trabalhos prestados no Projeto Terceira Pelotização.
  • Certifica na Norma ISO 14001, alcançando todas as certificações integrantes do Sistema Integrado de Gestão - SIG. Vence a concorrência para a Área dos Altos Fornos da VSB em Jeceaba (MG), marcante por ser a primeira experiência na montagem completa desta instalação.
  • Conclui a maior obra até então executada para a PETROBRAS, e a primeira tendo como objeto a montagem completa de duas unidades de processo, UPGN e UPCGN. Conquista de importantíssimo novo cliente, a ANGLO AMERICAN, assinando contrato para as obras das Estações de Bombeamento, Válvulas e Terminal do Mineroduto e da Planta de Filtragem, nos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro.
  • Alcança pelo segundo ano consecutivo a meta ZERO acidente com perda de tempo. Inicia a implementação de Governança Corporativa através da Fundação Dom Cabral e estabelece o Conselho de Administração.
  • Consolida em obras de dutos, concluindo 5 km de adutora da Barragem Eustáquio para a KINROSS em Paracatu (MG) e iniciando 34 km de adutora para a ANGLO AMERICAN no Projeto Minas-Rio em Conceição do Mato Dentro (MG). Constitui a joint-venture MILPLAN EIMISA, tendo como sócia a empresa chilena Echeverría Izquierdo, e inicia importantes obras para implantação da Fábrica de Celulose de Imperatriz (MA): Casa de Força de 250 MW, Caustificação e Fornos de Cal, Pátio de Madeira e Captação de Água e Esgoto.
  • É reconhecida pela ANGLO AMERICAN como destaque de segurança no Projeto Minas-Rio, categoria “Empresas Grandes”, após alcançar 1.000 dias e 5.000.000 de homens x hora trabalhados sem acidente com perda de tempo. Conclui a montagem da Usina de Concentração III e das Estações de Bombas VI e VII do Projeto Quarta Pelotização da SAMARCO em Minas Gerais. Maior obra executada até então, totalizando 35.500 t e 1.800.000 metros de cabos.
  • Inicia importantes obras do Projeto S11D da VALE no Terminal Marítimo de Ponta da Madeira em São Luís (MA), partes on-shore e off-shore: Pátios (Pacotes O1 e O2), 6ª Linha de Embarque e Carregadores de Navios 3 e 4, totalizando 25.000 t de montagem. Ao final do Projeto Minas-Rio da ANGLO AMERICAN, alcança 1.588 dias e 7.231.000 de homens x hora sem acidente com perda de tempo.